Retrogeek Podcast #27 – Aconteceu em 1994

CompatilheShare on Facebook0Tweet about this on Twitter

Lá no episódio 12 começamos uma série de retrospectivas de anos importantes para a cultura pop no Brasil e no mundo. Começamos com o “Aconteceu em 1992” e agora resolvemos continuar com o episódio “Aconteceu em 1994”. Nesse episódio revejas as series, filmes, novelas, desenhos animados, músicas e games lançados no ano de 94, algumas perdas tristes e a situação político-social do Brasil e do mundo.

Participantes do episódio:
Caio Hansen, Sidão e JP Moraes

Nosso Feedrss-cast
Nossa página no iTunesitunes-cast
Download do episódio em mp3

Fale Conosco:
Facebook, Twitter, Instagram, YouTube e contato@retrogeek.com.br

Arte da vitrine: Caio Hansen
Ediçã0: JP Moraes

Citados no episódio:
[EM BREVE]


Deixe seu comentário

  • Leandro Lopes Pereira

    É engraçado como 94 me marcou com mortes e não com as alegrias. Quando vocês disseram no Telegrão q fariam o podcast deste ano, saí buscando sobre as mortes e acabei vendo que este ano teve muito mais do que isto. Ouvir o podcast me ajudou a aliviar a idéia do ano.

    Uma observação que fiz no Telegram nfoi que Another World ou Out Of This World foi lançado em 91, originalmente para Amiga e depois teve um port pra pc. O JP comentou corretamente que 94 foi a “continuação”, Heart of the Alien. Não considero continuação uma vez que o Eric Chahi não teve envolvimento no desenvolvimento desse jogo.

    Eu perdi o tempo de enviar áudio, mas a minha lista de retorspectiva está aqui:

    Mortes:
    Mussum, Charles Bukowski, Senna, Ratzenberger, Angelines Fernandes (bruxa do 71), Raul Padilha (Jaiminho, o carteiro), Jack Kirby, Raul Júlia, John Candy

    Rubinho Barrichello quase morreu.

    Videogames:
    Saiu doom ii, blackthorne, Warcraft, Heretic, Sonic 3 e Sonic and Knucles, Super Metroid (melhor jogo da história), Earthworm Jim, Donkey Kong country, King of Fighters 94, FIFA Soccer(o original), Nascar Racing da Papyrus, Mega Man x, Need for Speed, Killer instinct, tekken, Sim City 2000, Tie Fighter (pc)

    música:
    – green day – dookie
    – Roxette – Crash! boom! Bang!
    – primeiro disco dos Raimundos, do Marilyn Manson(Portrait of an American Family) e do Korn
    – Disco de estréia do Brian Setzer Orchestra, do Seal, da carreira solo do David Byrne
    – Divisions Bell do Pink Floyd
    – Offspring – Smash
    – ill communication do beastie boys
    – voodoo lounge dos stones
    – trilha sonora do Rei Leao (vc tinha, eu sei)
    – Portishead lança Dummy
    – disco de estréia do Oasis(definetely maybe), Notorious BIG (ready to die) e Dave MatthewsBand (under the table of dreaming)
    – Emerson Lake and Palmer lançam o último disco (in the hot seat)
    – monster do REM
    – Jimmy Page & Robert Plant lançam o No Quarter (passei grande parte da adolescência ouvindo esse disco)
    – unplugged do Nirvana
    – Wild Flower do Tom Petty
    – a volta do The Eagles (when the hell freezes over)
    – disco de estréia do Bush (sixteen stone)
    – vitalogy (pearl jam)
    – Give Out But Don’t Give Up do Primal Scream
    – Philadelphia do Bruce Springsteen
    – apareceu o Gera Samba que se tornaria o É o Tchan

    Cinema:
    – o maskara
    – rei leão
    – Forrest Gump
    – true lies
    – debby & loyd
    – ace ventura
    – meu pai herói
    – corra q a polícia vem aí 33 1/3
    – 8 segundos
    – o corvo
    – Loucademia de polícia 3
    – Flintstones
    – o pequeno buda
    – lobo
    – Lassie
    – Airheads – os cabeças de vento (estréia do Adam Sandler?)
    – Os Batutinhas
    – Assassinos por natureza
    – Time cop
    -Pulp fiction
    – À espera de um milagre
    – Stargate
    – Entrevista com vampiro
    – Junior (Schwarzenegger gravido!)
    – Priscila a Rainha do Deserto
    – Um tira da pesada 3
    – Street Fighter, o filme
    – Nós somos campeões (aquele de hockey com o time dos ducks q abriu a moda de roupas de hockey aqui)
    – Quatro casamentos e um funeral
    – Highlander iii

    Um abraço, obrigado pelo episódio

  • Lionel Novaes de Freitas

    Caraca, 1994, que ano meus amigos, que ano. Muita coisa legal e relembrando agora, foi marcante e pra mim separo esses:
    – Morte de Ayrton Senna
    – Rei Leão
    – Cavaleiros do Zodíaco
    – Brasil Tetracampeão de Futebol

    Show demais. Thundercats, hooooooooowwwwww

  • Bia Davanço

    Esse ano de 1994 me marcou também. Acho que foi um somatório de coincidências: os eventos políticos, as tragédias, a copa e os cavaleiros do zodíaco somados ao fato de eu, na época, ter acabado de entrar na primeira série. Muita coisa acontecendo pro coração de uma criancinha.
    De qualquer forma, parabéns pelo podcast sensacional, meninos!
    Mas tenho que dizer que o ponto alto foi quando fechou com o Olodum.
    Isso só faz me lembrar de um tema que precisa rolar (se é que já não rolou), em continuação do de Pagode Anos 90: Axé Anos 90. E, quem sabe, o Sertanejo Anos 90 <3

  • Marcel Fernandes

    Muito bom!

  • 1994 foi um ponto de virada no Brasil. Aliás toda década começa a tomar forma lá pelo ano 05 dela

    Muito boa a parte que falam da economia, do real e do terra. Pode parecer besteira, mas um título mundial ajuda e muito na auto estima de um povo.

    ABS!

  • Tiago Ramos Melo

    Em 94 tinha somente 7 anos de idade, apesar de ser apenas uma criança que ficava mais brincando na rua jogando futebol do que em casa mas lembro de muita coisas que aconteceram nesse ano agitado. Primeiro pela Copa nos EUA, 20 anos de seca, o povo desesperado em cada lance e eu com meus amigos botando fogo em bombril e girando que nem doido fazendo faísca e nesse momento o povo comemorava o tetra. A morte do Senna foi triste, pois adorava ver as corridas da F1 e claro torcendo pro nosso piloto, mas adorava nele nos bons momentos na McLaren e disputando entre unhas e dentes com Prost.

    Uma coisa que lembrei que vi o filme do Rei Leão na casa do meu amigo, lembro da fita cassete verde que a Abril fazia com os filmes da Disney, e nem sabia que um dos meus filmes favoritos é desse ano, claro falando do nosso soldado/jogador de ping-pong/jogador de futebol americano/ultramaratonista e palestrante motivacional Forrest Gump.

    Bem somente deixo com essas lembranças, se continuar aí viu….mais um textão pra ficar mais de meia-hora falando no cast. Parabéns pelos envolvidos e sucesso pra todos.

  • Diego Costa

    E aiiii!!!!

    Primeiro comment meu e ja é com canelada!

    Vcs falaram que O Corvo é autoral, mas na verdade, é uma adaptação da serie de HQs do James O’ Barr.

    Bem é isso ai!

    Abs…

  • Korn – Korn <3

  • Excelente cast
    Adorei muito e obrigado por ter lido meu dossiê e agradeço por fazerem de um ano tão marcante.
    Sensacional.